A importância de planejar a carreira
A importância de planejar a carreira
 
Com auxílio de bons especialistas e as dicas corretas, essa pode ser uma das melhores soluções para a vida profissional de qualquer pessoa
 
Em qualquer mercado de trabalho, independente de empresa, país ou área de atuação, os profissionais de sucesso sempre são e serão escassos. Não é motivo de desânimo para ninguém, mas se fossem levados em conta todos os trabalhadores do mundo, poucos deles estariam na categoria em que se tornaram destaque ou trabalharam com êxito.
 
“Isso acontece porque o sucesso, o êxito e o triunfo não podem ser comprados, porém, o sucesso de cada um depende muito mais de si próprio do que se pensa”, comenta Madalena Feliciano, diretora de projetos da empresa Outliers Careers.
 
“Como os recursos são escassos, o ideal é elevar ao máximo as qualidades adquiridas pelo trabalhador e fazer o seu uso da melhor forma possível para atingir os objetivos propostos. E a melhor maneira de fazer isso é planejando a carreira” explica Madalena. Como modelo, ela cita que em geral, as famílias gostam (ou precisam) de planejar as viagens de férias e os usos das finanças, por exemplo, e a carreira não deve ser diferente disso.
 
Para isso, existem algumas dicas que podem ser seguidas para ajudar no planejamento da carreira. “Uma das dicas é pensar no que fazer depois da graduação e colocar no papel os reais sonhos e necessidades”, comenta Madalena. Para quem ainda não se formou, o ideal é começar desde já, assim, podem ser planejadas outras etapas para a carreira, como o estágio e os cursos de trainee. "Muitas vezes o profissional não faz o planejamento quando termina a formação, o que torna grande o risco de entrar no mercado para uma área diferente", esclarece.
 
Outra ideia é fazer uma lista das preferências e habilidades dentro da área de atuação, “esse exercício ajuda a identificar o que você faz bem e habilidades que você até desconhece. Vale listar matérias da faculdade, áreas da vida pessoal e do ambiente profissional que você sinta prazer em fazer. Relacione também as atividades e assuntos nos quais você se destaca e suas paixões mais secretas. Lembre que a vida profissional e a vida pessoal estão muito ligadas entre si. O planejamento pode ser profissional, mas isso não significa que a sua família e seus planos pessoais, como viagens, casamento, compra de imóvel, festas, etc., devam ficar esquecidos”, explica.
 
Outro passo importante é definir os objetivos e traçar planos claros para o futuro. “Para ficar mais fácil, escreva quais os planos para a sua vida nos prazos de um, três e cinco anos. O profissional deve saber aonde quer chegar na carreira e em quanto tempo” Diz. Para isso, pode ser bom fazer uma pesquisa detalhada sobre o mercado de trabalho para descobrir informações básicas – como faixa salarial, por exemplo.
 
É importante também reconhecer os recursos disponíveis e, desde o começo, definir o foco de ação a busca pelos resultados. “"Detalhe suas ações em curto e médio prazo. Estabeleça um prazo para encontrar um emprego com retorno financeiro e dentro da sua meta", diz Madalena.
 
 
 
 
Fonte: Administradores.com - 28/09/2017
voltar