“De greve” está certo? Tire esta e outras dúvidas de português

“De greve” está certo? Tire esta e outras dúvidas de português

 

Qual é a forma correta: desconto cumulativo ou acumulativo? Professor de português responde

 
No texto desta semana, abordarei algumas dúvidas enviadas pelos leitores deste espaço.
 
1. Como se chama o sinal &?
 
O nome é ampersand, palavra inglesa que designa o sinal &; representa a conjunção “e” utilizada em razões comerciais: Sousa & Silva; Ananias & Barão etc.
 
No Houaiss, vê-se também a denominação “E comercial”.
 
2. É correto dizer “Ela teve uma aneurisma.”?
 
Não. O termo, nos registros oficiais de nossa Língua Portuguesa, é apenas masculino. Sendo assim, deve-se dizer que “Ela teve UM aneurisma.”
 
3. Qual é a forma correta: desconto cumulativo ou acumulativo?
 
Essa é uma dúvida comum envolvendo variações, uma vez que “cumulativo” provém de “acumulativo”. Nos muitos dicionários de nossa Língua, vê-se que um termo é sinônimo do outro.
 
Em outras palavras, use “desconto cumulativo” ou “desconto acumulativo”; ambas as formas estão corretas.
 
4. Existe a expressão DE GREVE?
 
Em nossa Língua, há uma conhecida locução – estado de greve. Uma determinada categoria de servidores, por exemplo, pode ter entrado em “estado de greve”, mas nunca entrado “de greve”.
 
Pensemos, pois, em uma lógica regencial: estamos EM um determinado estado, EM uma determinada situação. Da mesma forma, entramos EM um determinado estado; entramos EM uma determinada situação.
 
Conclusão: entra-se EM greve; está-se EM greve.
 
5. De onde vem a expressão COMO SENDO?
 
É uma mera expressão de preenchimento, um modismo, sem valor algum a uma frase. Comparemos estas duas sentenças:
 
“Ele é considerado como sendo o maior jurista do Brasil.”
“Ele é considerado o maior jurista do Brasil.”
 
Não há dúvidas de que a segunda, sem o uso de “como sendo”, é muito mais lógica e objetiva.
 
 
 
 
Fonte: Exame.com.br - 09/02/2018
voltar