O que te limita?

O que te limita?

 

Descubra o que pode estar atrapalhando seu sucesso profissional

 
Existe um momento em nossa vida profissional em que tudo parece parado, as coisas não andam e nada parece sair como planejado.
 
Em um momento assim em minha vida profissional comentando sobre o assunto com uma pessoa ela me disse: - Por que você não abandona tudo e começa do zero de novo? E eu disse: - Mas eu vou perder tudo o que fiz até aqui? São vinte anos de trabalho...Ao que ela respondeu: - É melhor perder o passado do que todo o futuro.
 
É isso. Ás vezes o que nos limita é o apego as coisas que fizemos, a uma idéia do que queriamos, ao que achamos que somos, não queremos perder o que fizemos ou o pouco que conquistamos e ficamos estagnados, sem coragem de nos mover, de procurar algo novo, de tentar recomeçar.
 
Cheguei a conclusão que existem 3 fatores que paralisam nossa vida profissional. São eles:
 
1) Dificuldade de superar medos: quando sentimos que deviamos enfrentar algo que está atrapalhando nosso sucesso profissional mas não temos coragem de enfrentar. Seja medo de falar em público, medo de dirigir, medo de andar de avião, medo de não ser aceito, medo de ouvir não, de ser rejeitado, medo de ficar sem dinheiro, medo de fazer uma terapia, medo de conhecer nossos medos, enfim medo de arriscar algo novo e enfrentar as dificuldades. O medo pode estar atrapalhando a nossa carreira, nossas conquistas, mas enquanto não for conhecido e superado ele vai estar lá, boicotando todos nossos esforços. Ou como no meu caso o medo de perder tudo o que foi feito até então pode fazer com que além de ficar apenas a experência do passado perder também a chance de um futuro diferente.
 
2) Apego emocional: esse talvez seja o que mais nos atrapalha em nosso sucesso profissional e o mais difícil de identificar por não ter consciência de que ele existe. Muitas vezes estamos em uma profissão por vontade dos pais, ou não temos coragem de mudar de cidade por motivos emocionais, ou estamos em um negócio familiar ou ainda tentamos conquistar ou agradar alguém. Muitas vezes não temos coragem de dizer o que deve ser dito e fazer o que deve ser feito não por comodismo ou por medo e sim por apego emocional, por ter medo de se distanciar emocionalmente de algo ou alguém. Nosso íntimo sabe bem o que deve ser feito mas não fazemos por razões emocionais e tentamos desculpas por nossa vida não tomar o rumo que desejamos.
 
3) Comodismo: esse é fácil de se identificar mas difícil de superar porque muitas vezes significa abrir mão de prazeres imediatos na busca por um futuro mais promissor e vantajoso. Pode ser identificado por aquele profissional que tem conhecimento mas não se esforça suficiente, que deixa de ser promovido porque sempre deixa coisas para depois, que nunca se entrega de maneira completa ao trabalho, tem conhecimento teórico mas na prática não se dedica o suficiente. Ou é o contrário, o profissional tem muita vontade prática mas deixa de se aperfeiçoar, de fazer cursos, de conseguir mais bagagem teórica. Ou ainda a pessoa está na profissão errada e não tem coragem de mudar por puro comodismo.
 
Nossa carreira profissional depende em grande parte de superar esses 3 fatores limitantes e seguir em frente, com foco e equílibiro em busca de uma vida mais produtiva e satisfatória.
 
Nesse caso o auto conhecimento ainda é nosso maior aliado porque quando sua carreira estiver estagnada faça a si mesmo a seguinte pergunta: - O que me limita?
 
 
 
Fonte: Administradores.com.br - 20/08/2018
voltar